Não deixe de conferir   /

Dicas para nao acabar com o casamento após o nascimento dos filhos

Facebook Twitter Google + Pinterest Linkedin Reddit
Dicas para nao acabar com o casamento após o nascimento dos filhos

Com o nascimento dos filhos, uma quantidade enorme de coisas muda entre o casal. Não é raro o casamento que termina após o nascimento dos filhos, infelizmente.

São cobranças que antes não existiam.

A mulher tende a se focar apenas no filho e o homem muitas vezes não entende, não ajuda e não participa. De uma forma geral, é assim!

Tem muito pai que adora participar, que faz questão de ajudar, mas tem muitoooos outros que não foram educados para isso, e não tem esse “toque” na veia. ´No geral, é em casamentos com homens assim que costumam haver mais brigas e desajustes após o nascimento dos pequenos. De certa forma estou culpando os homens como o principal motivo do desajuste, mas calma gente, não é bem isso que quero dizer. Cada um tem razão à sua maneira. Ela é sobrecarregada de novas obrigações, ele é jogado para trás e quase que esquecido. Ela não se cuida porque não tem tempo, ele não entende e não gosta do que vê. Ela chora, chora e cobra atenção, ele tenta mas não consegue, não foi programado para isso…Não sabe lidar com isso… e é ai que tudo o que foi construído durante anos pode ser jogado por agua abaixo.

Um filho tão programado, tão desejado por duas pessoas que se amam terminou sendo um muro entre o casal.

E aí? Alguém está se reconhecendo aqui? Pois é, por aqui não foi diferente.

Brigamos? Brigamos muitooo, teve dias que eu tinha vontade de matar o meu marido enquanto ele dormia kkkk mas sempre tentamos ouvir um ao outro e sabíamos que era apenas um momento. Era o momento do Matheus. Quando me dei conta do que estava acontecendo, mudei um pouco a forma como estava agindo. Comecei a cuidar dele como antes fazia, ele começou a entender que eu também precisava de atenção e por ai foi.

Hoje Matheus tem um 1 e 3 meses e finalmente o nosso casamento voltou a entrar na linha que estava antes do pequeno nascer. Teve hora que eu, de verdade, achei que não iria conseguir colocar tudo de volta nos eixos. Mas com calma e paciência, hoje voltamos a ser o casal que fomos um dia, e o nosso filho nos une ainda mais e nos faz ver que tudo valeu a pena. (tou até querendo já o próximo rs)

Meu conselho para as mulheres? Mude a sua forma de cobrar ajuda.

As vezes estamos tão exaustas que não reparamos o quanto estamos fazendo a vida do marido num inferno porque queremos que alguém pague pelo nosso cansaço. Você não vai conseguir mudar o seu marido do dia para a noite e quanto mais você exigir, menos vai conseguir. Homem é de Marte, mulher é de Venus lembram gente? Isso é pura verdade. São raros os homens que vão ser exatamente o que sonhámos um dia e tudo isso de certa forma, por influencia dos contos de fadas e romances que assistiamos na TV quando éramos crianças. A realidade é esta que estamos vivendo, e ela se olharmos com outros olhos, pode ser muito melhor do que o esperado. Basta usar-mos as nossas armas femininas.

No outro dia falei isso no instagram e alguém disse que vivemos no século XXI, que isso é pensamento ultrapassado, mas eu não concordo. Sei que a grande maioria dos homens se perde após o nascimento do filho. Homem é tratado desde que nasce com todo o cuidado exagerado da mãe, não lhe costuma ser exigido que façam a cama, lavem a loiça, ajudem nas lides domésticas, até porque aqui no Brasil a cultura da empregada doméstica e da babá é algo muito forte, dai ainda dificulta mais tudo isso. Se bem que tudo isso vai mudar muito mais rápido do que imaginavam com essa nova lei das domésticas, mas esse é outro assunto que já falei aqui. Mas já ouviram dizer que homem procura numa mulher “a mãe”? Isso não deixa de ser verdade! Ele quer continuar a ser tratado como a mãe o tratava, e quando um filho nasce, ele de certa forma é colocado de lado.

Entendam, eu acho que nós mulheres somos quem tem que direcionar para onde queremos que o barco siga. Não quero dizer que temos que nos acabar mais para conseguir aguentar casa, marido, filhos e ainda todo o mundo feminino da nossa vida. Quero sim dizer, que com a nossa sabedoria feminina podemos com jeitinho levar as coisas por um melhor caminho e eu tenho certeza que no fundo cada uma sabe qual é ele.

Aguentem firmes porque tudo passa, e quando passar fica melhor com que estava! Acreditem!

 

Via: DeMãeparaMamãe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This