Não deixe de conferir   /

Neném com muita remela nos olhos : como limpar direitinho? O que pode ser?

Facebook Twitter Google + Pinterest Linkedin Reddit
Neném com muita remela nos olhos : como limpar direitinho? O que pode ser?

 remela nos olhos – Nos bebês recém-nascidos, é normal os olhos ficarem mais sujos que nos adultos. Eles dormem mais, choram mais e tem menos autonomia para limpar os olhos frequentemente. Por isso, se o seu bebê apresenta muita secreção nos olhos, mas ela for sempre de cor clarinha e fluida, não há motivo para preocupação, pois isso normal. Contudo, quando ela é excessiva pode haver obstrução do canal lacrimal ou outra causa que exige atenção.

Motivos para olhos do bebê lacrimejar

  • Gripe ou resfriado podem provocar mais remela que o normal. Nesse caso, mantenha os olhos do bebê devidamente limpos e fortaleça seu sistema imunológico com o suco de laranja lima e bastante leite materno.
  • Canal lacrimal entupido tende a afetar comumente o recém-nascido, mas se resolve por conta própria até um ano de idade. Para manter os olhos limpos, aplique soro fisiológico no algodão e faça massagens no canto interno dos olhos.

Quando a remela do bebê é amarelada e mais espessa que o normal, capaz de deixar os olhos colados, esse pode ser sinal de conjuntivite. Neste caso, é muito importante levar o bebê ao pediatra. Fique atenta se os olhos do bebê parecem irritados, vermelhos e juntam muita secreção rapidamente logo após a limpeza. Outro sinal de conjuntivite é quando apenas um olho acumula mais remela que o outro.

Como limpar os olhos do bebê?

Para limpar os olhos do bebê corretamente, molhe uma gaze ou uma compressa esterilizada com soro fisiológico. Passe a compressa ou a gaze num olho de cada vez, no sentido do canto interno do olho para fora em direção às orelhas, para não entupir o canal lacrimal.

É muito importante utilizar uma gaze limpa para cada olho, não devendo usar a mesma compressa para limpar os dois olhos do bebê. Os pais podem manter essa rotina de limpeza dos olhos desde recém-nascido até completar um ano de idade, mesmo que não haja nenhum quadro de anormalidade na secreção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This