Não deixe de conferir   /

Saiba como prevenir alergias típicas de inverno em crianças

Facebook Twitter Google + Pinterest Linkedin Reddit
Saiba como prevenir alergias típicas de inverno em crianças

As alergias respiratórias são as mais comuns nessa época do ano

 É só chegar o inverno para as mães começarem a ouvir fungadas e espirros das crianças pela casa. A estação liga o alerta para as alergias respiratórias, muito comuns nessa época do ano.

Além da mudança de temperatura, julho é mês de férias, lembra a alergista Laira Vidal: “É comum as famílias irem para hotéis ou casas de praia ou de campo. Esses locais costumam ser pouco arejados anteriormente, podendo haver muitos ácaros e fungos no ambiente, o que colabora para o aparecimento de alergias respiratórias”. Uma limpeza adequada da casa, assim como a utilização de capas impermeáveis em colchões e travesseiros podem ajudar a diminuir os sintomas alérgicos.

A doutora Laira explica como identificar as alergias respiratórias: “Elas costumam se manifestar inicialmente com coriza, obstrução nasal, voz anasalada, podendo ainda haver tosse e dificuldade respiratória. Sinusite e rinite são algumas das mais comuns em crianças”. O pediatra Dr. Antonio Carlos Turner lembra que “Nos dias com grande amplitude térmica (variação grande e abrupta entre a temperatura máxima e mínima), iremos encontrar crianças com quadro de alergias mais graves“.

Além disso, a alergista Laira Vidal também ressalta que “nas férias é maior a exposição das crianças a locais abertos, o que aumenta a chance de exposição a insetos. Nesses casos, é importante lembrar que a alergia a picadas de insetos himenópteros (abelha, vespa e marimbondo) e formiga podem ser fatais. Logo, se a criança for picada por algum desses insetos e iniciar quadro de urticaria (reação alérgica na pele) generalizada, edema de lábios e/ou olhos e dificuldade respiratória, deve ser levada prontamente a uma emergência médica”.

O Dr. Antonio dá dicas de como tentar evitar alergias respiratórias nas crianças: “O ideal é deixar o ambiente sempre limpo, a casa, os quartos das crianças, evitando poeira e cheiro fortes. Além disso, evitar ambientes fechados e com aglomerações de pessoas”.

A Dra Laira finaliza sobre o melhor tratamento para alergias respiratórias, típicas de inverno: “Pontualmente pode-se lançar mão de medicamentos antialérgicos e corticoides intra-nasais ou inalatórios. Há ainda tratamento com vacinas de dessensibilização, podendo ser oral ou injetável, com resultados excelentes”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This